Tudo que você precisa saber sobre o armário-capsula

Armário-cápsula ac

O QUE É E DE ONDE VEIO

O armário-cápsula (capsule wardrobe) foi criado lá nos anos 70 pela estilista Susie Faux que propôs um guarda-roupa minimalista, com apenas itens essenciais e atemporais, que não saem de moda e não precisam ser trocados a cada estação. Agora, o assunto voltou a ser tendência graças à blogueira americana Caroline, do Un-fancy. Ela escolheu apenas 37 peças para viver durante três meses e se desafiou a não comprar absolutamente nada nesse período. O desafio inspirou pessoas em todo o mundo, que começaram a montar os seus próprios armários-capsula, de acordo com os seus gostos, estilo e estação do ano.

Caroline do blog un-fancy.com e algumas peças do seu armário-cápsula
Caroline do blog un-fancy.com e algumas peças do seu armário-cápsula

 

Caroline optou por fazer com que seu armário tivesse a duração de apenas 03 meses, pois vive em um país onde as estações do ano são bem mais definidas. Eu, por exemplo, moro em uma cidade que faz calor durante a maior parte do ano. A única ressalva que tenho é durante o período de chuva, que opto por sapatos de plástico e peças menos pesadas (jeans molhado é uó). O meu armário-cápsula seria montado de acordo com essa minha particularidade. E assim, cada um vai escolhendo as peças de acordo com a sua personalidade.

As pessoas, principalmente as mais consumistas, costumam ter sempre aquela peça que está no guardada durante anos, mas que foi usada pouquíssimas vezes (ou até mesmo nenhuma vez). E sempre, na hora de sair de casa, há uma confusão terrível e gritos de “nada combina com nada” e “não tenho o que vestir”. A lógica é simples. Se no meu guarda-roupa tenho apenas roupas que gosto e tenho poucas opções, eu vou me arrumar mais rápido e até mesmo melhor. Você já parou pra contar quanto tempo perde escolhendo roupa antes de sair?

Este é um exercício super interessante de autoconhecimento e de consumo consciente. Ao observar o que você realmente gosta e que não gosta, tente encontrar um padrão entre as roupas, assim, quando for comprar algo novo, saberá se realmente vale a pena comprar aquele item.

Então a ideia é viver com apenas 37 peças?

Não! 37 é o número que a Caroline optou, mas isso não é uma regra. É claro que a ideia é optar por um número reduzido de roupas, então armário-capsula com 150 peças não vale. Observe a sua rotina, as peças que mais gosta, o seu estilo e e resuma as suas peças ao menor número possível. A sinceridade é algo essencial. Olhe para as suas coisas e se pergunte se precisa mesmo de cada um daqueles itens. Caso você trabalhe de uniforme ou de roupas mais sociais, divida em dois “AC’s”, um para cada ocasião. Sempre, claro, com o menor número de roupas.

O que fazer com as roupas que ficaram de fora

Se for um desapego definitivo, doe sem pensar duas vezes! Caso você ainda esteja na dúvida ou não seja um item da estação, guarde em um local separado e se desafie a NÃO pegar nada durante os meses determinados. Separe também aquelas peças que você gosta, mas estão precisando de alguns ajustes, como fazer a barra, pregar botão e etc.

Mão na Massa

Inclua no AC: Blusas, calças, shorts, saias, vestidos, casacos e sapatos. (Sim, é um número X contando com os sapatos!)

Não precisa: Bolsas, acessórios, roupas de academia, lingerie e roupas de festa.

Relembrando: Não é uma regra absoluta e você pode adaptar.

Existem alguns truques para fazer o seu AC de forma mais otimizada:

  • Algumas pessoas afirmam que é bacana começar com o lápis no papel. Anote todos os seus compromissos e as atividades principais da sua rotina, reflita sobre o que costuma usar em cada uma dessas ocasiões.
  • Selecione até 03 estilos que você mais se identifica. Ex: clássico, minimalista, romântico, etc.
  • Liste quais são as suas marcas preferidas e que estão dentro do seu orçamento
  • Eleja uma paleta de cores ou estampas para coordenar todas as peças
  • Reflita sobre os seus looks favoritos
  • Faça a conta das suas finanças e veja até quanto por mês você pode gastar com roupas (para mim é a parte mais difícil)
  • Liste, ou tire fotos de todas as peças que farão parte do seu AC.

 

A brasileira Dani Kopsch do blog less is the new black que montou um AC com 50 peças
A brasileira Dani Kopsch do blog less is the new black que montou um AC com 50 peças
Armário-cápsula é sinônimo de estilo minimalista? Mas eu adoro estampas…

Um longo e sonoro NÃÃÃÃO! Muita gente acredita que só quem segue um estilo de vida minimalista consegue ter um AC. A questão é que estilo de vida minimalista é diferente de estilo “de moda” minimalista. É possível sim você gostar de estampas e de chamar atenção e ter poucas peças no armário. O segredo estar em ter peças-chave que irão fazer o papel de “juntar e coordenar” as estampas e cores. Vou repetir o que eu já disse muito nesse texto, só pra ficar mais claro: não existem regras absolutas e você adapta da melhor forma, de acordo com as suas necessidades.

Algumas pessoas que já praticam o conceito há um tempo relatam que a estrutura é viciante e começaram a aplicar a cápsula para tudo na vida. Menos acessórios, maquiagens, contatos desnecessários na agenda do telefone, compras por impulso, etc etc etc. Quando você aprende e vive as vantagens de ter menos para viver mais, descobre o quão prazeroso o exercício de tirar coisas se torna. É como um peso que a gente elimina em diversas áreas da vida.

Qualquer pessoa pode começar a montar o próprio AC, além de democrático, é acessível. Entre as inúmeras vantagens, está o ganho na moeda mais valiosa do mundo: o tempo. Você gasta menos tempo escolhendo roupa para comprar, se arrumando para sair, organizando o armário, e pode gastar essa energia economizada com outra coisa mais útil. É um exercício anticonsumismo que promove muito a consciência e também a praticidade de vida.

Eu ainda não montei o meu AC, primeiro vou separar tudo de acordo com método da Marie Kondo, mas assim que já tiver roupas e tudo organizado, compartilho aqui no blog todo o processo.

Até mais,

Keloane 🙂

EDIT

Tem um vídeo bem bacana sobre o AC no nosso canal do youtube, quem quiser conferir:

 

 

Facebook Comments

1 Comment

  1. […] podem ler um pouco mais sobre armário cápsula aqui e […]

Deixe uma resposta